Todo mundo Maluco mesmo

Oi tudo bem? Tem alguém aí?



Nossa tantas emoções nos últimos dias que a insônia me pegou hoje, para o bem do pessoal que gosta de ler esse blog aqui ainda.

Eu já estou vacinado com duas doses e hoje pensei comigo mesmo... depois que acabar tudo isso esse será o maior e mais completo Censo já feito na história do mundo 😅

As pessoas que como eu, saíram do seu país de nascimento agora serão encontradas porque ninguém quer ficar sem vacina. Não tive reações e tomei a vacina da Pfizer. Se você tá com receio de tomar abre o olho e faça uma rápida pesquisa para ver que muitas doenças foram evitadas por essas gotinhas gostosas que injetaram em nosso corpo.

Não sou de tomar remédio imagina ser pro vacina. Tomei pq sou Maluco mesmo. Não gosto de passar nem perto de hospital mas faço meu check upzinho de 2 em 2 anos. #emfimahipocrisia 


Nos investimentos é hora de entregar o IR bem feitinho e deixar o Instagram dos influencers de lado um pouco.

Continuo com quase a mesma carteira de ações e fiis que tinha a anos atrás. 2020 não fiz muitas movimentações o que resultou em um imposto de renda fácil e rápido de preencher.


Agora com as stocks e REITs na Avenue tudo está mais fácil ainda. Já estou com muitos dólares de dividendos lá acumulados. Cerca de $72 

Que eu me lembre agora tenho ações da AT&T, Altria e Aurora. E uns REITs como GOOD, GLAD, ORC, etc


To escrevendo do celular e aqui já são uma da manhã então não tenho minha carteira por perto para ver mas basicamente é isso. Depois da transferência da DriveWealth para a Avenue (forçadamente) não comprei nada e nem transferi/aportei mais dinheiro... até porque a Avenue não aceita mais o cartão de crédito internacional, uma tremenda marcha ré par eles que não vão receber meu suado dinheirinho tão cedo.

E você? Como você está com tudo isso? Meu patrimônio não subiu nem desceu, ou seja, estamos andando de lado a alguns anos por aqui. Sem aportes nada cresce! Principalmente sem dar atenção também e eu não estou dando a mínima atenção aos investimentos nesses últimos anos. Deve ser por isso que não escrevo mais aqui.


Estou focado em trabalhar... trabalho todos os dias! Afinal o corpo não sabe se é domingo ou segunda-feira então como estou trabalhando pra mim mesmo não tenho patrão pra agradar nem metas para bater. Aqui como tempo é dinheiro se eu demorar mais para terminar os projetos acabo perdendo dinheiro e isso ninguém gosta não é?

Cara é muito cansativo trabalhar por conta e sozinho. Estou nos Estados Unidos ainda e não tenho ninguém para me ajudar. Meu network é muito fraco... não sou uma pessoa sociável. Estou aqui a 4 anos já e não fiz nenhum amigo, os gringos não são esses tipos de pessoas que fazem amizades com pobre e brasileiro. E os brasileiros que tem aqui tem a panelinha deles lá... eu mora e em São Paulo quando  estava no Brasil e aqui não tem ninguém que veio de lá. Não sei o pq. A galera é de outros estados e tem seu ciclo de amizades e ficam nisso.

Resumindo eu não ser uma pessoa sociável e não ter ninguém da minha antiga realidade os papos não batem. Por isso que não consigo me adaptar a trabalhar com pessoas. Trabalho sozinho e estou me virando por enquanto. Fácil? Fácil não está... nunca esteve. Independente do presidente ou se o dólar está a 6 reais nunca esteve fácil. 


Abraço a todos e obrigado por ler meu relato até aqui. Nos vemos logo

4 comentários:

  1. Parabéns por toda batalha na gringa, Maluco! Trabalhar para si mesmo é sinônimo de ralar dobrado, mas no final vale a pena, sucesso! Abraço.

    ResponderExcluir
  2. Gringa é complicado, eu já tive esse dissernimento que você relatou aí depois que fui pesquisar melhor como as coisas funcionam por aí. Se o cara não for com o objetivo de ganhar muitos dólares e depois transformar em real para virar patrão aqui no BR, eu acho desinteressante.

    Porque pelo que se percebe o problema daí é exatamente esse. Dificil se relacionar e ter uma vida tranquila e fácil.

    ResponderExcluir
  3. sou da opinião que o mundo todo é assim. Difícil de fazer amizades.
    Principalmente na fase adulta.
    Veja meu exemplo. Era de MG. Mudei para Brasília devido a aprovação em um concurso público.
    Conheci várias pessoas, mas AMIGO, não fiz nenhum em 7 anos que estive lá.
    Culpa minha? culpa dos brasilienses? culpa de alguém?
    Definitivamente não é culpa de ninguém.
    Os meus colegas de trabalho já eram de lá (Brasília), logo, já tinham suas vidas sociais e amizades de infância.
    Então, não fazia sentido eles "adotarem" mais um amigo adulto.
    Eu compreendi muito bem a situação. É o mesmo que ocorre comigo hoje.
    Estou novamente em MG e quando chega alguém de fora, eu não tenho como incluir essa pessoa no meu círculo de amizades. Somos apenas colegas de trabalho.
    Trato muito bem no serviço, mas fora de lá, contato zero.
    Não é ruindade, desinteresse nem nada ruim, é apenas FALTA DE TEMPO de ter mais amizades.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  4. Tinha uns 3 anos que não visitava o blog. Tô precisando aprender a aplicar.

    ResponderExcluir

Quem sou eu

Minha foto
Tenho 33 anos, fui empregado de uma indústria pequena por 5 anos, ganhava pouco e quero com esse blog aprender sobre os investimentos, com a ajuda da blogosfera financeira!

Seguidores

Tecnologia do Blogger.